O Fator Kozlowski

Observe as situações:

A. Aquela garota chata, tagarela e fútil não teria chance alguma com você. Mas acontece que ela tem uma boca maravilhosa, fazendo você ficar com o pacote todo (eu usei o termo boca, mas você pode substituir por outra parte do corpo, lógico).

B. Depois de 10 anos, aquela volta à Chapada Diamantina prometia ser uma boa aventura, mas você não lembrava daquelas subidas intermináveis, do calor insuportável, do peso das mochilas, de tanto chão que teria que percorrer pra chegar naquele paraíso no meio do mato. Sua memória seletiva lhe sabotou as lembranças. Acontece que à noite teve uma pizza na vila, uma cervejada bacana numa noite gelada… e isso valeu a pena.

C. Aquele projeto que lhe apresentaram tem tanto inconveniente e é tão complicado de ser realizado que você já ponderou dezessete vezes se o abandonaria. Mas tem um ponto ali no meio de tudo que vai dar tanta satisfação e pode compensar os dissabores do caminho. É o diacho desse detalhe que lhe faz seguir em frente.

D. O filme Crocodilo Dundee (1986) é um filme de 93 minutos, chato, previsível, típico de sessão da tarde. Mas tem uma cena ali, que não dura nem 2 minutos, quando a Linda Kozlowski vai encher o cantil no rio e é atacada por um crocodilo, que compensa o filme todo.

Drummond disse que “existem mil motivos para não amar uma pessoa e somente um para amá-la; este prevalece”. É uma forma poética e válida para explicar o que eu chamo de Fator Kozlowski (sim, é por causa da cena no item D).

UPDATE: Item D: o link do YouTube foi retirado. Então posto fotos da cena em questão:
Linda_Kozlowski-Crocodile_Dundee-08

 

 

linda-koslowski-crocodile-dundee

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

4 Respostas para “O Fator Kozlowski

  1. Saturnino

    Cara.
    Não tinha mulher nenhuma nessa vaiagem de onde tirou essaLinda Kozlowski?A paletada foi recompensada pelo pernoite na pousada Pé no Mato,a pizza,o pf. de Dona Coizinha, e a cerveja que bebemos à noite.
    Vamos marcar outro esquema cavernoso desses antes que fiquemos velhos demais para tanto.
    Abraço.

  2. O filme é legalzinho, seu blo que é inútil. Já a Linda…é realmente linda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s