Dona Fascínia e sua amiga inseparável

Há tanto tempo não me visitavam que eu achei até que já haviam morrido. Mas não é que as duas apareceram outro dia, juntas, como nunca mais as vira? Dona Fascínia trouxe a tiracolo sua amiga Dopamina. Fizeram-me agradável visita numa tarde, voltaram na noite seguinte e se foram. Mas deixaram um perfume no ar, que se espalhou e depois foi assentando devagar, como cinzas numa quarta-feira. De vez em quando encontro uns restinhos pelos cantos da casa; mas deixo lá quietos, não quero varrer.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s